Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Luís Virtual

Luís Virtual

03 de Maio, 2017

Perseverança e coragem

Luís Martins


Antes que você diga "não posso",
tenha certeza de que você já tentou.
Antes de as dúvidas interromperem seu caminho,
confronte-as com os fatos.
Antes que os motivos convençam você de que é impossível,
siga a única razão que torna tudo possível.
Antes que o fracasso entre em sua mente,
esconda o sucesso em seu coração.
Antes que o medo o atrapalhe, vá em frente com fé.


Antes que os problemas interfiram em seus planos,
use-os para cumprir seus objetivos,

Quando você deixa seu coração nas mãos de Deus .... Ele coloca nas mãos de quem realmente merece ...!

Perseverança e coragem
Não desista de seus sonhos... Se eles estiverem lá nas alturas, preocupe-se em construir os alicerces para alcança-los.

Lembre-se que o primeiro tijolo chama-se FÉ, o segundo chama-se PERSEVERANÇA e o terceiro CORAGEM.
03 de Maio, 2017

Generosidade não é obrigação é atitude

Luís Martins


Generosidade não é obrigação é atitude

Nós nos decepcionamos muito porque esperamos muito dos outros. Queremos que os outros sejam como nós, pensem como nós e ajam como nós. Queremos que os outros pensem com a nossa cabeça e que tenham os nossos sentimentos. Quando cobramos algo de alguém, cobramos com os nossos critérios e exigências. Saiba Esperar menos das pessoas e sofrerás menos. Se você tem um coração generoso e gosta de ajudar as pessoas, saiba que a bondade verdadeira é aquela que socorre, ajuda, tem gestos concretos,porém não espera retribuição. Não permita que as pessoas abusem da sua bondade, querendo tudo de você, porque sabe que você nunca diz não. As vezes é preciso dizer não, sem perder a caridade, para que outro não transforme sua bondade em obrigação. Generosidade não é obrigação é atitude


(by Roger Araujo)

03 de Maio, 2017

Entender o Silencio ..

Luís Martins


É no silêncio das minhas palavras que estão todos os maiores sentimentos. 

Para interpretar as palavras, precisamos entender o silencio
Se você não consegue entender o meu silêncio de nada irá adiantar as palavras, pois é no silêncio das minhas palavras que estão todos os meus maiores sentimentos.

Tem pessoas que não precisa falar já entendemos tudo no silencio em seu silencio profundo ...muitos falam com gestos...outros usam a escritas ou palavras sonoras muito fácil de entender ...agora entender o silencio só o coração pode...pois quando não se entende o silencio de alguém...podemos estar deixando de dar uma grande ajuda a quem muito precisa e não tem coragem de pedir...
03 de Maio, 2017

O que fazemos de certo é para nosso proprio bem..

Luís Martins


Jamais engane os outros, para não ser enganado. 

Seja sempre verdadeiro.

Não minta, para que sua consciência permaneça tranquila e seu sono seja calmo. 

Fuja do remorso e não prepare para si mesmo um futuro doloroso, pois nada torna uma pessoa tão infeliz

quanto o sentimento de que ninguém mais confia nela. 

Seja sempre verdadeiro e há de angariar muitos amigos leais e sinceros. 

03 de Maio, 2017

Amor uma velocidade para todos ...

Luís Martins


Para alcançar o amor temos que caminhar na velocidade correta 

Ela nos impede de ver o sentido na vida.

Levantamos rápido, comemos rápido, nos vestimos rápido, vamos para o trabalho rápido. 

No final do dia nos sentimos angustiados e cansados. 

Comece o dia com uma breve oração; assim, mesmo que os eventos tentem nos pressionar, 

estaremos preparados para caminhar na velocidade correta.
03 de Maio, 2017

Amor e respeito

Luís Martins


A VIDA E UMA DÁDIVA

A vida é uma oportunidade, aproveita-a. 

A vida é beleza, admire-a. 

A vida é beatificação, saboreie.

A vida é sonho, torne-o realidade. 


A vida é um desafio, enfrenta-o. 


A vida é um dever, cumpra. 


A vida é um jogo, jogue-o. 


A vida é preciosa, cuide-a. 


A vida é riqueza, conserva. 


A vida é um mistério, desvende-o. 


A vida é promessa, cumpre-a. 


A vida é tristeza, supere. 


A vida é um hino, canta. 


A vida é um combate, aceite-o. 


A vida é tragédia, domine-a.

A vida é aventura, afronte-a. 


A vida é felicidade, mereça.

A vida é a VIDA, defenda. 




Madre Tereza de Calcutá
03 de Maio, 2017

Ingredientes da vida..

Luís Martins


O Sorriso
É o cartão de visita das pessoas saudáveis. Distribua-o gentilmente.

O Diálogo
É a ponte que liga as duas margens, do eu ao tu. Transmite-o bastante.

O Amor
É a melhor música na partitura da vida.
Sem ele, você será um ( a ) eterno ( a ) desafinado ( a ).





O Amor É a flor mais atraente do jardim de um coração bem cultivado. 
Plante estas flores.

A Alegria
É o perfume gratificante, fruto do dever cumprido.
Esbanje-o, o mundo precisa dele.

A Paz na Consciência
É o melhor travesseiro para o sono da tranquilidade.
Viva em paz consigo mesmo.

A Fé
É a bússola certa para os navios errantes, incertos, buscando as?praias da eternidade. Utilize-a sempre.

A Esperança
É o vento bom empurrando as velas do nosso barco.

Chame-o para dentro do seu cotidiano.


03 de Maio, 2017

O melhor cultivo é o da bondade

Luís Martins


A Bondade É a flor mais atraente 
do jardim de um coração bem cultivado. 






Será que ser bom ou ser mal depende de querer ser ??

Nem sei mais se é bem isso...vejo pessoas boas que caem sempre...enquanto os maus raramente se tornam bons ..ou pioram ou continuam como estão ...nao importa se fingem pelo um tempo...a máscara nao faz tanta diferença....sempre reflete algo que mostra o que tem por trás...enfim...ser bom ou ser mal nao é escolha...é desespero ...ou de nao suportar mais a maldade...se tornar-se bom...ou se revoltar em ser bom e ser desvalorizado ...nao ser significante ...ser esquecido...ou nao ser contado...claro isso tudo para quem vive uma vida querendo algo fora de sua realidade...quem se conforma ou busca o suficiente nao passa por essa metamorfose ...fica onde está...seja bom ou má pessoa nao se preocupa em mudar ...desde que se acostume e acredite no que faz...o pior de tudo é acreditar na maldade...tem gente para tudo ...!!
03 de Maio, 2017

Colocar amor em tudo que fazemos faz a diferença

Luís Martins


Aprenda a fazer tudo com amor! 

Cultive a paciência, a tolerância, o perdão e o amor para com os outros. 

Tudo o que é feito sem amor sai mal feito, e tende à destruição. 

Só o amor constrói obras eternas e penetra profundamente o coração da humanidade.

A ausência de amor em nossa vida é o que a faz parecer grosseira e mal-acabada.

O amor é a asa que Deus deu à alma para que ela possa subir até ele.
03 de Maio, 2017

Família e trabalho, como conciliar?

Luís Martins


Família e trabalho, como conciliar?

Sendo um desafio, muitas pessoas se perguntam qual é a melhor maneira de conciliar as atividades familiares com as trabalhistas, de forma que ambas sejam fontes de alegria. Sobre essa questão, padre Wladimir recordou as palavras do Papa Bento XVI no VII Encontro Mundial das Famílias em Milão, realizado de 30 de maio a 3 de junho deste ano. 

“Uma das famílias, na noite dos Testemunhos, perguntou isso ao Papa. Ele dizia que ambos, tanto pai quanto mãe, devem colocar o trabalho a serviço da família. Então ter esse cuidado de não entrar nessa busca frenética do ‘ter cada vez mais’, um consumismo que não tem limites”. 

O padre acrescentou às palavras do Santo Padre o fato de que, na vida cotidiana, também é necessário reconhecer que, às vezes, é preferível ter menos recursos e mais relacionamentos. Muitos pais se preocupam em dar tudo de melhor para seus filhos, mas o mais importante, segundo o padre, nem sempre são os bens materiais. 

“O melhor presente que um pai e uma mãe podem dar para seu filho são eles mesmos. É claro que os pais devem favorecer as condições necessárias, mas sem deixar de lado a primazia do relacionamento humano”.

Fonte: Cnnoticias
03 de Maio, 2017

Apneia do sono aumenta o risco de impotência

Luís Martins


Apneia do sono aumenta o risco de impotência

Quem ronca geralmente não sabe o risco que está correndo. Não se trata apenas de quebrar o silêncio da noite e perturbar aqueles que compartilham do mesmo espaço. Roncar é sintoma de problemas que muito provavelmente vão causar disfunção erétil.

O homem que ronca tem três vezes mais chances de falhar na hora do sexo. E esse risco aumenta para quatro vezes após os 50 anos. Isso acontece porque o sono do roncador é prejudicado e, sem completar os ciclos necessários de descanso, o organismo sofre alterações metabólicas perigosas.

O foco das atenções está sempre no ronco devido ao desconforto sonoro que ele causa. Mas o grande vilão da história é outro. Roncar é sintoma de apneia do sono, doença na qual a respiração chega a ser interrompida por alguns segundo.

“Essa interrupção torna o sono fragmentado e mais superficial”, explica Geraldo Rizzo, neurologista e especialista em sono do Hospital Moinhos de Vento. Ele esclarece que tal fragmentação impede o homem de atingir os estágios mais profundos do descanso, os quais são necessário para a produção de testosterona, hormônio do crescimento e óxido nítrico.

Principal hormônio masculino, a testosterona está diretamente ligada à libido e à vitalidade do homem. Quando há queda na produção dela, a pessoa passa a ter menos desejo sexual. “Já o óxido nítrico é um neurotransmissor responsável pela ereção. Ele mantém a irrigação dos corpos cavernosos (anatomia interna do pênis)”, afirma o dentista Fausto Ito, membro da Associação Brasileira do Sono.

O hormônio do crescimento não tem uma ligação tão forte com o desempenho sexual, mas há uma relação indireta. Quando o homem sofre uma redução na produção deste hormônio, ele se torna mais cansado e mais vulnerável a doenças. Isso pode interferir em sua vida sexual e até mesmo em sua aparência.

E a barriga de chope?

A gordura visceral, também chamada de barriga de chope, agrava toda a situação. Ela intensifica de algumas formas a relação entre apneia do sono e disfunção erétil. O próprio peso da barriga já é um problema. “Ele pode comprometer o movimento respiratório”, alerta Rizzo.

Isso acontece porque a gordura abdominal se concentra na mesma região do diafragma, músculo que está logo abaixo das costelas. Ele é responsável por viabilizar os movimentos da respiração e, quando há muito peso em cima, a força para tal movimento precisa ser maior.

Além do peso, a barriga de chope traz consigo outro problema: o chope. O consumo regular de qualquer bebida alcoólica interfere no sistema nervoso central e causa relaxamento muscular por todo o corpo. “Isso faz a pessoa roncar mais e mais alto. Também aumenta a quantidade e o tempo de apneia”, afirma Fauto Ito. Assim, o homem terá mais interrupções e interrupções mais longas da respiração durante sono, o que vai aumentar a chance de impotência.

Não bastasse tudo isso, a barriga de chope é sinal também de que o homem está acima do peso e provavelmente acumula gordura na região do pescoço. Isso prejudica a passagem do ar durante o sono e pode causar ou agravar a apneia.

Ainda pode piorar

Ter disfunção erétil não é a única consequência grave da combinação ronco e barriga de chope, há risco de variações na pressão arterial perigosas para quem sofre de hipertensão ou tem problemas cardíacos. “Quando a respiração do apneico é interrompida, o coração bate lentamente e a pressão arterial diminui. Mas quando o homem volta a respirar, acontece um pico de pressão arterial”, alerta Luciano Ribeiro, neurologista do Instituto do Sono.

Foto: Getty Images
03 de Maio, 2017

Compulsão alimentar entre homens ganha mais atenção dos médicos

Luís Martins

Compulsão alimentar entre homens ganha mais atenção dos médicos

Embora apenas 10% dos anoréxicos e bulímicos sejam homens, a compulsão alimentar é um problema compartilhado quase igualmente pelos dois sexos









Depois de devorar 70 asas de frango em cerca de uma hora, Andrew Walen percebeu que tinha um problema.




Bem, ao longo dos anos, ele sabia que algo estava errado. As pessoas normais não consomem 4.500 calorias de alimentos de uma só vez, nem pedem comida para levar para quatro pessoas quando vão jantar sozinhas. Mas foi necessário um ataque de comilança para que ele, finalmente, aceitasse a realidade: era um comedor compulsivo, e não tinha absolutamente nenhum controle em relação à comida.




“Em última análise, eu agia assim para me entorpecer e por falta de autoestima”, disse Walen, hoje com 39 anos, que trabalha como terapeuta em Columbia, Maryland.




“Tinha uma voz na minha cabeça que dizia: 'Você não é bom, você não vale nada', e eu recorria à comida.”




Walen é um dos cerca de 8 milhões de homens e mulheres dos Estados Unidos que sofrem de compulsão alimentar, definida como o consumo de grandes quantidades de alimentos dentro de um período de duas horas, pelo menos duas vezes por semana, sem vômito, acompanhado por uma sensação de estar fora de controle.




Embora cerca de 10% dos pacientes com anorexia e bulimia sejam homens, a compulsão alimentar é um problema compartilhado quase igualmente por ambos os sexos.




Um estudo publicado no periódico científico International Journal of Eating Disorders, descobriu que entre 46.351 homens e mulheres com idades entre 18 e 65 anos, cerca de 11% das mulheres e 7,5% dos homens, reconheciam sofrer de um certo grau de compulsão alimentar.




“A compulsão alimentar entre os homens está associada a níveis significativos de estresse emocional, obesidade, depressão e diminuição da produtividade no trabalho”, diz Richard Bedrosian, autor do estudo e diretor de saúde comportamental e desenvolvimento de soluções na Wellness and Prevention Inc., que trabalha com empregadores e planos de saúde.




Porém, embora a compulsão alimentar seja um desafio para as mulheres que sofrem dela, os perigos são, talvez, maiores para os homens, que raramente procuram tratamento para o que muitos acreditam ser uma “doença de mulher”.




Ao contrário da bulimia e da anorexia, a compulsão alimentar nem sequer consta de modo distinto no atual Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais da Associação Psiquiátrica Americana – ou DSM, como o guia de diagnósticos para os profissionais de saúde mental é conhecido.




“Por algum motivo, os caras geralmente não pedem ajuda”, conta Ron Saxen, de 49 anos, autor de “The Good Eater” (O bom comedor), livro biográfico sobre a própria luta contra a compulsão alimentar, que começou quando ele tinha cerca de 11 anos. Em seu pior momento, Saxen chegou a consumir de 10 mil a 15 mil calorias em Big Macs, batatas fritas, milk-shakes de chocolate, barras de chocolate, sorvete e M&Ms, muitas vezes em apenas uma hora e meia.




Os homens que procuram tratamento muitas vezes têm dificuldade em encontrar um local ou um terapeuta para trabalhar com eles – mesmo a literatura é predominantemente centrada nas mulheres. Antes de Vic Avon receber um diagnóstico de anorexia em 2006, por exemplo, ele vasculhou a Internet para obter informações relativas aos transtornos alimentares vivenciados por homens.

“Eu me sentia muito envergonhado, porque eu pensava que aquela era uma doença de mulher. Não tinha nenhum cara que servisse como referência para mim.”




Muitos homens que sofrem de compulsão alimentar nem sequer reconhecem que alguma coisa está errada. Cerca de 70% das pessoas que têm transtorno de compulsão alimentar estão com sobrepeso ou são obesas. Culturalmente, porém, ter sobrepeso é algo geralmente mais aceitável para os homens do que para as mulheres.




“Não há nada de errado em um cara da faculdade comer uma pizza inteira sozinho, mas se fosse uma mulher, as pessoas ficariam horrorizadas”, observa Roberto Olivardia, psicólogo clínico especializado no tratamento de distúrbios de imagem corporal e distúrbios alimentares entre homens e um dos autores de “The Adonis Complex” (O Complexo de Adônis).

Mesmo que fiquem incomodados pelo modo como ingerem alimentos, poucos homens percebem a relação entre a comilança e o desconforto emocional.

“No caso dos homens, geralmente não se reconhece essa conexão”, diz Walen, o ex-comedor compulsivo que se tornou terapeuta.


“Eles pensam: 'eu quero comer', e não: 'estou lidando com um trauma emocional'.”


A compulsão alimentar de Adam Lamparello era tanto física quanto psicológica, resultado da fome que sentiu durante sua luta de seis anos contra a anorexia, e de sua tentativa de preencher “o vazio, a solidão e a carência emocional” que sentiu na vida.

“Quem sofre de transtorno da compulsão alimentar muitas vezes não tem relações significativas com outras pessoas, é isolado, acredita que a vida não tem nenhum propósito ou sofreu eventos traumáticos e recorreu à comida em busca de conforto emocional”, conta Lamparello, de 36 anos, que atua como advogado em Hasbrouck Heights, Nova Jersey, e recentemente publicou “Ten-Mile Morning: My Journey Through Anorexia Nervosa” (Manhã de quinze quilômetros: como enfrentei a anorexia nervosa).
Fonte-The New York Times * | 20/08/2012 16:11:23